segunda-feira, 7 de julho de 2014

MEMÓRIAS  - BANDA MALTA
Hoje eu vejo que não consigo entender
O que houve entre nós
Eu ainda consigo ouvir sua voz
Me dizendo o que eu já sei

Tudo tem um começo e um fim
Eu vejo a dor em seu olhar
E mesmo sem querer
Eu te deixo partir
Pra que possa tentar ser feliz outra vez
Recomeçar...

E quando eu me perco em sua memórias
Vejo o espelho contando histórias
Sei que é difícil de esquecer essa dor
E quando penso, no que vivemos
Fecho os olhos, me perco no tempo
Pra mim, não acabou

Tudo tem um começo e um fim
Eu vejo a dor em seu olhar
E mesmo sem querer eu te deixo partir...

E quando eu me perco em suas memórias
Vejo o espelho contando histórias
Sei que é difícil de esquecer essa dor
E quando penso no que vivemos
Fecho os olhos, me perco no tempo
Pra mim...

Sei que você vai seguir
Mas eu não vou desistir
Eu espero que você se entregue nesse amor
Sei que você vai seguir
Mesmo com a dor
Vai lembrar de mim

Hoje eu vejo que não consigo entender
O que houve entre nós...

E quando eu me perco em suas memórias
Vejo o espelho contando histórias
Sei que é difícil de esquecer essa dor
E quando penso no que vivemos
Fecho os olhos, me perco no tempo
Pra mim, não acabou
Pra mim, não acabou

Pensei que fosse o céu
Vander Lee

Estou aqui mas esqueci
Minha alma num hotel
Meu coração na caneta
Meus desejos num papel

Eu vinha sem retrovisor
Um rosto estranho me chamou
E a minha pele não me coube mais
A sorte veio e me encontrou
Na corda bamba do amor
Meus dias nunca mais serão iguais

Estava ali, me confundi
Pensei que fosse o céu
O azul do mar me chamou
E eu pulei de roupa e de chapéu

A onda veio e me levou
Desse lugar e agora eu sou
Uma ilusão, a solidão é meu troféu
Aquela foto amarelou
O riso no meu camarim
Felicidade bate a porta e ainda ri de mim